• Home
  • >
  • Notícias
  • >
  • O Candidato do PSD, Danilo Zinetti, esteve participando da sabatina no último dia 16 de outubro.

O Candidato do PSD, Danilo Zinetti, esteve participando da sabatina no último dia 16 de outubro.

Ele foi o segundo a participar do evento promovido pela entidade, e que dará ao eleitor mogimiriano um panorama  das propostas que cada um tem a oferecer para o crescimento da cidade. Danilo pregou, entre outras coisas, a permanência do dinheiro gerado aqui no comércio local, parcerias com a iniciativa privada e o fomento ao turismo de negócio e à gastronomia.
Acompanhe um pouco daquilo que ele falou sobre os temas propostos pela ACIMM:

COMÉRCIO

Para o candidato Danilo Zinetti, as vocações da cidade são: indústria, agricultura e comércio. Destacou que, para que o comércio possa ir bem, é preciso que toda população seja economicamente ativa. Isso, segundo apontou, só será possível se a administração municipal fomentar a vinda de novas unidades fabris. Sua proposta é criar um departamento de desenvolvimento econômico na prefeitura, pasta que hoje a municipalidade não possui. “É preciso vender o nome da cidade para o mundo, para que novas empresas venham para cá”, destacou. Com localização estratégica e abundância de água e terra, a cidade pode sediar muitas empresas, e ver seu parque fabril crescer e o comércio também colher os frutos deste crescimento. Zinetti destacou, ainda, a parceria com a ACIMM , caso vença as eleições deste ano. Revelou que a entidade será de suma importância nesta guinada de toda cidade. Para isso, a parceria público-privada ganhará força em seu governo. Lembrou que estuda a elaboração de uma lei que avaliará o servidor público e dará a ele um bônus para gastar apenas no comércio mogimiriano. A ideia será levada aos empresários que possuem unidades fabris na cidade, visando manter o dinheiro gerado aqui em Mogi Mirim. Levando em conta apenas os servidores municipais, ele estima que em 12 meses a prefeitura pulverize no comércio local R$ 4 milhões.

INDÚSTRIA

Para o representante do PSD, poder escolher uma empresa que esteja em sintonia com as questões ambientais contempla tanto a mão de obra como o município na questão da qualidade de vida.

SEGURANÇA

Bom relacionamento com o Governo do Estado de São Paulo, com a secretaria de Segurança Pública. Este é o primeiro quesito para melhorar a segurança na cidade. Para ele, a Polícia Civil acabou na cidade. Segundo o candidato, não há mais investigação e, a cada 100 crimes, apenas dois são elucidados. Nem o batalhão da Polícia Militar fica mais no município. Zinetti defende cobranças mais rigorosas junto ao Governo do Estado. Ele defende o monitoramento da cidade e o suporte da Guarda Municipal às polícias. Também refutou a participação da Guarda no monitoramento. “Eu não concordo com isso, afinal, a Guarda tem de estar na rua”, criticou. Ele advertiu que pessoas treinadas devem ficar no monitoramento, dando todas as informações aos guardas. Por isso, defende a parceria com o Governo Estadual, fornecendo e cobrando informações dele.

TURISMO

O candidato do PSD destacou sua predileção pelo turismo de negócio e pelo gastronômico. Em sua opinião, fomentar a realização de feiras e até mesmo a visitação de empresas pode gerar recursos. Isso abarca vários segmentos de uma só vez. De acordo com ele, várias cidades já utilizam deste tipo de turismo para ganhar  dinheiro. No caso de Mogi Mirim, a gastronomia sofreu um revés nos últimos anos, perdendo espaço para cidades da região. Ele defende a ajuda no município em campanhas publicitárias para atrair o consumidor em favor de bares e restaurantes mogimirianos. Como prefeito, pretende investir nisso. “Nós temos que fazer propaganda na região, mostrando que aqui é a melhor noite gastronômica da região”, apontou. Até influenciadores digitais ele defende como forma de  atrair consumidores para a cozinha local. Destacou, por fim, que, ao se deslocar de uma cidade para outra, as pessoas geram divisas ao passar pela praça de pedágio de Jaguariúna. “Você sabia que, ao passar pelo pedágio daquela cidade, você destina uma parcela da receita para Mogi Mirim?”, questionou.

DESENVOLVIMENTO

Para auxiliar na contratação da mão de obra jovem, Zinetti disse que o governo municipal deve dar todo apoio ao programa federal, e o município também deverá auxiliar com benefícios que levem as empresas a oferecerem oportunidade a quem está chegando ao mercado de trabalho. Danilo informou que a prefeitura é a maior empresa do município e, na atualidade, não possui nenhum estagiário remunerado. “Comigo vai ter, vou mudar isso”, garantiu.

AEROPORTO

Para o candidato, o aeroporto de Mogi Mirim é uma grande ilusão. Hoje vive um imbróglio, e não é do município de direito. Defendeu a compra da gleba dos novos proprietários e conceder à iniciativa privada uma parceria para alavancar o desenvolvimento do local. Hoje estão proibidas as aterrissagens, até que algumas exigências da Agencia Nacional de Aviação Civil sejam cumpridas pelo município. Conforme apontou, em cidades da região os aeroportos se tornaram fonte de renda, e as empresas têm buscado locais onde possam pousar suas aeronaves. Em Mogi Mirim, a dimensão da pista favorece a aterrissagem de jatos, mas, por estar em terra, isso se torna inviável.

Compartilhe esta publicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Inscreva-se em nossa newsleter

e receba por e-mail conteúdos sobre empreendedorismo

Veja também

Fique atento!

Fique atento! Nos dias 15 e 16 de fevereiro os bancos não terão expediente, e só voltarão a atender na quarta-feira, dia 17, após às

Veja mais