Nós, cada mulher, que lute!

Com uma rotina de tantos afazeres, e encontrar espaço na agenda para planejar nossos sonhos não é tarefa fácil. Apesar disso, milhares são as mulheres que se lançam no mundo do empreendedorismo, e constroem sua carreira nos negócios que iniciaram. Outras tantas são CLT, autônomas, mães, chefes de família, independentes financeira e emocionalmente.

Tudo isso compõe o conjunto de ser mulher, e de lutar pelo seu lugar e seu reconhecimento na sociedade. O que antigamente se intitulava “sexo frágil”, hoje mostra sua real essência, das guerreiras que, apesar de todo cansaço, mantêm aquele charme e o dom de ser capaz.

Por vezes descabeladas, por outras várias sem pique ou tempo para aquela produção das passarelas de Hollywood, porém, com sua elegância interior e sua determinação de encontrar vez e voz. Sabemos bem quem somos, conhecemos nossas lutas, e o quão forte temos nos tornado dia após dia.

E também reconhecemos o potencial de nossa união. Por isso, mulheres, vamos apoiar umas às outras! Muitas vezes aquela forcinha na indicação da amiga, o depoimento diante de um trabalho bem feito por uma profissional, uma palavra de motivação, podem fazer muita diferença na vida de cada uma de nós. Que eu lute, que você lute, que nós lutemos: juntas!

Compartilhe esta publicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Inscreva-se em nossa newsleter

e receba por e-mail conteúdos sobre empreendedorismo

Veja também

O que é ser MEI?

Ei, profissional autônomo ou que deseja abrir sua empresa: este post fiz especialmente pra você! Muita gente nutre o sonho de abrir um negócio próprio,

Veja mais