• Home
  • >
  • Blog
  • >
  • Comece hoje mesmo a planejar o mês das crianças

Comece hoje mesmo a planejar o mês das crianças

O Dia das Crianças se aproxima, e o comércio de brinquedos no Brasil é um dos maiores e mais aquecidos do mundo. É uma data vastamente trabalhada pelo varejo, indústrias de brinquedos e demais produtos voltados ao público infantil, gerando grande lucros para estas empresas.
Antes da atual situação de COVID-19, na qual nos encontramos hoje, muitas marcas já haviam dado um destaque maior para o canal de vendas digital, tornando a loja física apenas mais um meio de venda.
Diante desta situação, é preciso inovar, buscar conhecer os seus consumidores e entregar o que eles procuram de uma maneira mais chamativa e clara. É nas redes sociais que eles passam a maior parte do tempo, se divertem, aprendem, se comunicam e fazem suas compras, sendo influenciados por tudo que mais chamar sua atenção. No caso das crianças, procurar saber quais brinquedos, jogos, atividades ou eletrônicos mais os interessam, criar propagandas coloridas e divertidas prendem a atenção dos baixinhos e atraem os pais para a compra.
Em entrevista, Luciani C. M. Pavani, Gestora de Projetos do Sebrae – SP, parceira da ACIMM, passou algumas orientações que podem ajudar as lojas a venderem mais no Dia das Crianças, considerando as atuais circunstâncias. “ A hora de planejar é agora. Uma boa campanha de vendas deve se iniciar com, pelo menos, 30 dias de antecedência “, já adiantou a gestora.
Ainda segundo ela, é de extrema importância os estabelecimentos analisarem seus produtos e veren quais poderão ter uma oferta mais atrativa por terem volume disponível em estoque, quais brinquedos estão em alta e se vai ser necessário realizar alguma compra. Além disso, uma boa comunicação é essencial! “ Criar um guia de compras nas redes sociais, dar dicas de presentes por idade, falar dos personagens mais queridos e até demonstrar brincadeiras“, reforçou Luciani.
Conforme a gestora, explorar a facilidade de comunicação que estamos tendo será de grande sucesso. Com as mídias sociais, é muito fácil atrair o cliente para efetuar a compra. É preciso entender que o varejo digital é um dos meios de venda mais fortes, se tornando uma nova cultura. Com isso, os estabelecimentos que ainda não migraram a este novo mundo terão que se preparar, integrando o digital com as estratégias de venda das empresas.
Para ela, criar lives nos canais de venda da loja, tais como Instagram e Facebook, trazer pedagogas abordando assuntos de como interagir com as crianças em casa, dando dicas de brincadeiras educativas, ou até mesmo, contando histórias para a garotada  “Eles irão amar!”, afirmou.
Para finalizar, Luciani deixa claro que é preciso conhecer os números da empresa, saber seus objetivos e metas, o quanto esta campanha poderia ajudar e o quanto investir. Somente depois desta análise saberemos se a campanha foi positiva. Considerando estas fases adaptação para muitos estabelecimentos, o ideal é que comecem este processo o quanto antes pois, assim, terão maiores resultados!

Compartilhe esta publicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Inscreva-se em nossa newsleter

e receba por e-mail conteúdos sobre empreendedorismo

Veja também

Dívida caduca?

Caduca após 5 anos. Mas, isso não significa que você não precisa mais pagar ela. Os órgãos de proteção ao crédito não podem exibir a

Veja mais