• Home
  • >
  • Notícias
  • >
  • Candidato Carlos Nelson prega parceria para crescer, mas com cautela

Candidato Carlos Nelson prega parceria para crescer, mas com cautela

Na questão relacionada à  criação de novos postos de trabalho, disse que, para Mogi Mirim voltar a gerar mais postos de trabalho, é preciso resgatar a imagem do município. Lembrou que, desde o início de seu governo, vem trabalhando para isso. Fez um apanhado da sua administração, destacando as dificuldades. Lembrou que neste tempo de sua atuação à frente do Executivo, foram gerados novos postos de trabalho com a vinda de empreendimentos como o GoodBom, com também a chegada do Atacadão, do Spasso Sabores, entre outros. “Quando se fala de desenvolvimento do município, é preciso fazer uma análise da situação pela qual o país atravessa”, disse.

COMÉRCIO

Ele lembrou que não tem segurança de garantir que isso será discutido no começo do ano. Advertiu que o mundo vive um momento perigoso, com uma segunda onda de pandemia. Lembrou que a situação no país não é tão tranquila como se pretende. Pensar em investir em desenvolvimento sem ter certeza é muito prematuro. Para ele, é preciso ver o que 2021 nos reserva. “Não dá para ser precipitado nesta decisão”, ponderou.

INDÚSTRIA

Quanto ao fomento da industrialização, o candidato Carlos Nelson revelou que já assinou com empresas do setor automotivo um acordo em que aquelas que gerarem vagas de trabalho no município terão isenção de IPTU e ISSQN. Revelou também que a Eaton já confirmou a instalação de uma segunda linha de produção na cidade, em função da lei que o município aprovou. Um dos entraves para que isso ocorra é a pandemia, que tem prejudicado os negócios em todo o mundo. Daí a direção estar reticente em colocar em prática neste momento a nova unidade. “Agora é hora de fazer economia, racionalizar os investimentos, de ser criterioso na distribuição dos recursos públicos para que haja menos sofrimento da população”, explicou. Fechou o tema lembrando que a ACIMM pode auxiliar a prefeitura com profissionais para estudos que norteiem o crescimento da cidade.  Pelo órgão público, a contratação demandará mais tempo e o custo será maior, ao passo que, pela ACIMM, o processo será mais célere.

SEGURANÇA

Neste quesito, Carlos Nelson revelou que o que podia ser feito nestes últimos anos foi realizado. “Todos os recursos eletrônicos, técnicos da Secretaria de Segurança foram usados”, apontou. O candidato lembrou, ainda, que a Guarda Municipal local é considerada uma das melhores da região ou mesmo do Estado de São Paulo. Tudo graças ao seu desenvolvimento e à logística com equipamentos de última geração. Mesmo assim, destacou que planeja ampliar a atuação nas áreas sensíveis da região central da cidade. Assumiu o compromisso de iniciar um planejamento do desenvolvimento econômico do município, com base no trabalho da  Agência de Desenvolvimento que a ACIMM possui.

TURISMO

No tocante ao Turismo, Carlos Nelson lembrou que é possível fomentar o setor e revelou que a paternidade do Polo Gastronômico é sua, em seu primeiro governo em Mogi Mirim. “O José Antonio Scomparin comprou a minha ideia e, com a minha concordância, começou a falar sobre o tema, que se transformou numa realidade”, destacou. Também informou que conseguiu junto ao Governo do Estado a suspensão do leilão da área do Horto Florestal, que poderá ser transformada em um grande parque, para ampliar a capacidade de atração do município. Apontou que  Mogi Mirim não tem um potencial tão grande para se falar em turismo de uma forma mais ampla. A troca de iluminação da cidade tem tornado Mogi Mirim mais atrativa e mais segura, conforme informou. Não descartou que há muitos mecanismos para alavancar o turismo local, mas, para isso, é preciso uma soma de esforços.

DESENVOLVIMENTO

O prefeito atual informou que o primeiro emprego já tem sido fomentado com a chegada de novas empresas no município. “Isso abre espaço para a população jovem garantir sua primeira ocupação profissional”, revelou. A chegada de novas empresas, como previsto, deverá abrir mais posto de trabalho, absorvendo inclusive os profissionais que estão sendo preparados pelo CEBE. Quanto ao desenvolvimento do município, ele destacou que o crescimento tem de ser lento, mas seguro.  Ele voltou a citar a Agência de Desenvolvimento para nortear o desenvolvimento da cidade sem frustrar o desejo da população.

PROJETO PARA APROVEITAR OS CORREDORES COMERCIAIS EXISTENTES NA PEDRO BOTTESI E NA 22 DE OUTUBRO
Num primeiro instante, o candidato do PSDB citou a Avenida 22 de Outubro, concebida em dimensões inferiores. Já a Avenida Juscelino Kubtischeck de Oliveira, em sua opinião, é mais adequada, pois recebe um fluxo menor de veículos e possui dimensão mais ampla. “Ela cumpre o seu papel, e é um dos acessos mais simpáticos que a cidade tem”, pontuou. Vê com simpatia a região para um redirecionamento. No caso da Avenida 22 de Outubro, ele lembra que não deve haver saturação do local, pois isso pode ocasionar queda na qualidade.  Para ele, é preciso pensar no conjunto e nas cidades que cresceram desordenadamente e acabaram retrocedendo. Destacou ainda a Rua Padre Roque, em seu trecho entre a agência do Banco do Brasil até a rodoviária, onde uma alteração na mão de direção deu fluidez ao trânsito e se manteve como uma área muito nobre da cidade. Somado a isso, o prefeito destacou que o trecho deverá ganhar dois investimentos das redes IBIS e Transamérica.

Compartilhe esta publicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Inscreva-se em nossa newsleter

e receba por e-mail conteúdos sobre empreendedorismo

Veja também

Fique atento!

Fique atento! Nos dias 15 e 16 de fevereiro os bancos não terão expediente, e só voltarão a atender na quarta-feira, dia 17, após às

Veja mais